Grupo Fraterno de Assistência "Nossa Casa" - Grupo Fraterno de Assistência "Nossa Casa"

Grupo Fraterno de Assistência "Nossa Casa"

›› Sinopse de Livros


O QUE É DEUS?

Neste livro, o autor analisa de modo sereno,  profundo e sério, como a Ciência, a Religião e a Filosofia tradicionais enfrentam o tema Deus, investigando as teorias cosmogônicas, a origem e as diversas interpretações da Bíblia Sagrada e a posição de vários filósofos com destaque para René Descartes, que modificou radicalmente o pensamento filosófico sobre Deus.

Mas a mete primordial desta obra é oferecer ao leitor uma oportunidade preciosa para conhecer a concepção espírita do Criador que, a partir da assertiva Deus é a inteligência suprema, causa primária de todas as coisas, surge naturalmente de três fatores incontestáveis: a idéia de Deus no homem, presente em todas as épocas da Humanidade; a lei de causa e efeito, revelando a impossibilidade de efeitos inteligentes sem uma causa inteligente, e a insuperável estrutura da Natureza.

ELISEU F. DA MOTA JÚNIOR – CASA EDITORA O CLARIM.

 

DEPRESSÃO E AUTOCONHECIMENTO

(Como Extrair Preciosas Lições Dessa Dor)

 Wanderley Oliveira

 “Depressão – condição mental da alma que começa a resgatar o encontro com a verdade sobre si mesma depois de milênios nos labirintos da ilusão”. (Ermance Dufaux – do livro “Escutando Sentimentos”).

 “Sem amor a vida não florece. Sem amor nada tem sentido. A depressão não é um castigo de Deus. É uma construção humana. E tudo o que se planta gera uma colheita. Toda colheita pode ser depurada, aprimorada, selecionada, até se atingir o fruto desejado. E como nada é definitivo no universo, tudo vai passar”. Wanderley Oliveira.

 O texto abaixo refere-se a vários trechos retirados do presente livro, mas que bem observados nos dão perfeito entendimento do assunto nele tratado. O autor trabalha este tema tão grave da sociedade atual sem se desvincular do aspecto espiritual. Leitura agradável, linguagem simples e acessível. É dessa forma que o recomendamos.

 “ (…) A depressão não se instala por conta dos dissabores da vida e sim pela forma como reagimos a eles. Os dissabores podem nos entristecer, mas não deprimir. Quando deprimem é um alerta da vida interior de que há um comportamento nocivo repetitivo precisando ser reciclado, reprogramado.

Essa reprogramação significa construir uma nova forma de reagir aos fatos, um novo olhar sobre os acontecimentos.

O depressivo é alguém que perdeu a conexão com sua consciência divina, e que, por isso mesmo, está em uma relação infeliz e tóxica consigo mesmo, com o próximo e com as Leis Divinas. Essa será a perspectiva dos conteúdos em nossas abordagens.

A metáfora que melhor expressa esta abordagem sobre a depressão é a desnutrição da alma, isto é, um depressivo é alguém que não está alimentando corretamente seu ser interior.

A manifestação mais evidente dessa patologia é a inconformação, um estado afetivo que se estrutura com base nas contínuas reações de contrariedade ante as provas da vida. A inconfomação se expressa em forma de raiva e depois, se não é devidamente elaborada, transforma-se em revolta. A revolta nada mais é que o desapontamento crônico que enfraquece a vida emocional e facilita o melindre, a irritação e o mau humor. Esses estados, conjugados alguns deles, levam frequentemente ao pior resultado que está no entorno da depressão severa: a perda da vontade de viver.

A proposta de tratamento complementar da depressão aqui abordada tem como foco a educação emocional e comportamental para aprendermos a lidar com nossa dor, que, muito antes de ser mental, é moral.

           O trabalho terapêutico começa cuidando do medo e da culpa, dois sentimentos muito importantes para o crescimento, quando se aprende o que eles querem ensinar (…)”.

 MEDIUNIDADE E AUTOCONHECIMENTO

  Este livro é importante para todas as pessoas que desejam progresso, autoconhecimento e realização interior através da faculdade mediúnica. É um estudo sério que orienta a conduta adequada no intercâmbio mediúnico.

 O autor concentra sua pesquisa em “O Livro dos Médiuns” de Allan Kardec aprofundando temas como: intercâmbio sem misticismo, fenômeno sem espetáculo, prática sem rituais, fé sem fanatismo.

 Todos nós, espíritas, sabemos que as propostas defendidas pela Codificação Kardequiana são elaboradas com base na razão e no bom senso, o que nos leva “à plenitude do nosso ser”, quando bem assimiladas e aplicadas.

 O autor faz esta ponte entre as “peculiaridades do fenômeno mediúnico e a necessidade de autoconhecimento” favorecendo o entendimento de todos que o estudam e desejam pratica-lo.

 Como ele mesmo diz “…em mediunidade não basta estudar o mecanismo da comunicação, necessário se torna também conhecer a si mesmo, uma vez que os resultados da prática mediúnica estão diretamente ligados à vida interior dos medianeiros…”.

 AUGUSTO-CLAYTON LEVY

  LIVRO DA ESPERANÇA

  Homenagem ao centenário de “O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO”, é verdadeiro monumento à DOUTRINA ESPÍRITA.

 Emmanuel nos auxilia a compreensão dos ensinamentos do Cristo em capítulos breves, porém, profundos e de extrema beleza. E não poderia ter iniciado o trabalho de melhor forma: uma belíssima prece de agradecimento ao Cristo, por nos ter dado as luzes do Seu EVANGELHO, facilitando-nos a vida cotidiana.

 Por isso o nome LIVRO DA ESPERANÇA, porque não há modo de sair da leitura senão renovados e com melhores disposições para trabalhar a renovação mental/espiritual.

  EMMANUEL-CHICO XAVIER

  CRÔNICA DE UM DESPERTAR

Afonso, homem de personalidade forte e atitudes egoístas que revelam ceticismo e presunção. Materialista convicto, viveu sem o menor cuidado em evitar erros, pautando sua vida por ambição desenfreada, soberba e vaidade.

 Esta narrativa é fruto de suas memórias, e ele contou com a pessoal colaboração de Caibar Schutel na sua elaboração. (apresentação).

 O materialista desencarna repentinamente, e, sem qualquer preparação, encontra uma nova realidade que não pode entender.

 É uma história envolvente que nos prende a atenção; nos faz querer ler mais e mais, provocando-nos profundas reflexões sobre como estamos conduzindo nossas vidas. E mesmo assim, a leitura é agradável e leve.

  AFONSO-ABEL GLASER

BOA NOVA

Guiando-se pela certeza de que “Jesus é a rocha dos séculos, luminosa e sublime, que nos sustenta o coração atolado no pântano de misérias seculares…”, Humberto de Campos nos presenteia com este livro que, segundo ele “…é apenas uma cooperação singela com os trabalhadores devotados da causa de Jesus…”.

O autor nos conta sobre a construção da Boa Nova, isto é, como Jesus formou sua equipe de colaboradores para dar início à sua vida pública, que traria para a humanidade terrena o “Reino de Deus”, através de sua intensa atividade evangelizadora, pelas curas e por suas parábolas.

Enquanto Jesus esclarecia seus discípulos sobre as normas de ação para a tarefa de difusão de sua Doutrina de Amor, percebemos que seus conselhos são para todos nós, como verdadeiro código de conduta íntima.

Desse modo, o autor vai nos apresentando pelas suas histórias, todos os ensinamentos de Jesus contidos no seu Evangelho, ficando muito fácil assimilar sua essência.

 HUMBERTO DE CAMPOS-CHICO XAVIER.

 

 SOB AS MÃOS DA MISERICÓRDIA

 Este livro encerra a trilogia iniciada com “O Amor Jamais Te Esquece”, seguido por “A Força da Bondade”.

Neste romance aprendemos sobre as reencarnações de caráter expiatório ao nos depararmos com as diversas situações das personagens.

Estes Espíritos receberam das leis divinas todos os elementos necessários para provocar-lhes o crescimento espiritual através da expiação de suas faltas.

Diante dos débitos tão graves e dentro das possibilidades evolutivas de cada um, percebe-se que em nenhum momento foram relegados à própria sorte. Havia um trabalho intenso no Mundo Espiritual para que todos saíssem vitoriosos. Tal tarefa foi longamente planejada, inclusive pela reencarnação de vários mensageiros de Jesus, encarregados de incentivar aqueles, cuja situação espiritual necessitava do exemplo das ações no bem.

Zacarias é a figura central e o exemplo de humildade, no trabalho grandioso de semear o bem como Jesus havia feito e ensinado; permanece ele no Mundo Espiritual como coordenador, mentor e conselheiro que, com sua postura  serena assegura o bom andamento das tarefas.

Fica demonstrado também o quanto é difícil e penoso o aprendizado de Espíritos em expiação e provas. Aqueles que encaram a árdua tarefa de redenção com coragem e resignação aprendem que a felicidade, que é a  paz interior, só se consegue através da superação se si mesmo.

 LUCIUS-ANDRÉ LUIZ RUIZ.   

  

O AMOR JAMAIS TE ESQUECE

Primeiro livro de uma trilogia, este romance foi inspirado pelo livro “Há Dois Mil Anos” (Emmanuel/Chico Xavier), porém com vida própria.

O autor foca a história de personagens que foram coadjuvantes no citado livro, mas que tiveram importância tanto na construção do Cristianismo nascente como no julgamento e crucificação de Jesus.

Em empolgante romance que nos prende a atenção do início até o final, o autor constrói a história dessas personagens, e nos demonstra como as razões humanas são capazes de tecer verdadeiros emaranhados de artimanhas, conspirações e acordos políticos, nos quais se prenderam e cujas conseqüências foram os gravíssimos débitos espirituais para serem ressarcidos no futuro.

Como nos comprometemos com as leis de Deus quando deixamos as paixões dominarem nossos sentimentos, e consequentemente, os atos menos dignos passam a dominar nossas vidas, apenas para a satisfação dos sentidos imediatos e materiais.

É exatamente essa seqüência de atos impensados que leva essas criaturas ao estado de extrema aflição espiritual, porém é a “dinâmica do amor” desvelado e compassivo de Jesus para com todos que falharam com o compromisso assumido que o autor nos revela, principalmente com aqueles que detinham o poder e prevaricaram.

Desse modo, acompanhamos Pilatos e suas ações de ganância, de desrespeito à sua esposa e ao matrimônio, sua indiferença política e profundo desprezo para com o povo que ele governava, os palestinos, e ainda sua postura de omissa para com os desmandos de seus subordinados. E o mais grave, acordos espúrios com os dirigentes do Sinédrio, através dos quais recebia verdadeiras fortunas para fazer vistas grossas aos acontecimentos.

Assim chegamos à figura central: Zacarias, humilde e sereno, recebe diretamente de Jesus a tarefa de proteger os passos desse filho de Deus, tão equivocado em sua postura, assim que ele (Pilatos) cai em desgraça perante o Imperador Romano.

É importante notar também a análise que o autor faz no modo como os ensinamentos de Jesus são assimilados pelos apóstolos mais íntimos e por aqueles que foram se agregando e formando o grupo dos 70 colaboradores do Cristo.

Outro enfoque do autor é como as pessoas reagiam diante das curas, e quais eram os seus objetivos diante da ajuda recebida, ficando patenteados os mais diversos graus evolutivos da humanidade terrena. Uns abraçavam a causa e seguiam trabalhando; outros, eram beneficiados e continuavam seus caminhos indiferentes ao benefício recebido.

LUCIUS-ANDRÉ LUIZ RUIZ

 

A FORÇA DA BONDADE

 Segundo livro da trilogia iniciada com “O Amor Jamais Te Esquece”, neste romance encontramos Pilatos, Lívia, Fúlvia, Josué e Zacarias, estes dois últimos elevados à posição central como trabalhadores incansáveis do Evangelho nascente, jamais se acovardando diante das dificuldades que lhes são apresentadas.

Temos demonstradas as situações extremas de sofrimento espiritual de Pilatos e Fúlvia, como conseqüência de suas ações humanas, das decisões tomadas visando tão somente os interesses imediatos e mundanos.

Diante de tais complicações e sofrimentos, permanecem presentes o amor e a bondade de Jesus, amparando-lhes a dor através de seus mensageiros, porque são considerados apenas “ovelhas temporariamente transviadas”.

O autor nos mostra com clareza os mecanismos da Justiça Divina que diz “a cada um segundo sua obra”, porém, acrescidos de misericórdia e bondade.

O mais importante é que não fica para nos leitores apenas o impacto do sofrimento, pura e simplesmente como conseqüência de ações impensadas, antes provoca em nosso íntimo o desejo de nos enriquecer com o exemplo do bem que é demonstrado pela ação daqueles que verdadeiramente entenderam a mensagem do Cristo e abraçaram o Evangelho como NORTE para suas vidas.

 LUCIUS-ANDRÉ LUIZ RUIZ

 

CAMINHO, VERDADE E VIDA 

Emmanuel/Chico Xavier

Quando Jesus afirmou que era o “Caminho, a Verdade e a Vida”, queria Ele que a humanidade entendesse que seus ensinamentos nos facilitariam a caminhada de retorno ao Pai, ou seja, para a felicidade.

Analisando a trajetória humana desde Sua luminosa passagem pela Terra até os dias de hoje, verificamos que nem guerras, nem calamidades sociais, nem lutas sanguinárias, tampouco disputas religiosas lhe modificaram as palavras, que só se atualizam e são referência de valores morais para todas as situações. Mesmo diante do desenvolvimento da Ciência e da Tecnologia, elas permanecem intactas.

Por mais que a humanidade lhe despreze os ensinamentos, Jesus não nos desampara e a cada dia, surgem Espíritos Mensageiros que nos auxiliam a relembrar o Amoroso Amigo.

Neste livro Emmanuel encarregou-se deste trabalho de interpretação das lições de Jesus, facilitando e ampliando nosso entendimento, demonstrando-nos que o seu Evangelho é o roteiro seguro e que a Terra inteira é o seu campo de trabalho.

“Caminho, Verdade e Vida” é o primeiro de uma série de quatro livros a que ele se incumbiu de organizar e interpretar dando vida própria a versículos ou pequenas frases que revelam luminosidade e beleza sem igual.

O objetivo do autor espiritual é que façamos uma profunda reflexão da vida cotidiana à luz do Evangelho.

 

PÃO NOSSO

Emmanuel/Chico Xavier

“Pão Nosso” é o segundo livro da série de estudos iniciada com “Caminho, Verdade e Vida”, em que Emmanuel interpreta o Novo Testamento. Permanece ele na mesma linha de raciocínio: o grande significado do Evangelho de Jesus para o avanço moral de todos nós.

Esclarece o autor espiritual que o Espiritismo, como o Cristianismo Redivivo, não expressa simples convicção de imortalidade, mas é clima de serviço e edificação para todos os que desejam manter-se alerta para a responsabilidade de viver.

A vida na matéria é verdadeira preparação da criatura para a felicidade espiritual, que só o dever cumprido pode proporcionar. Entendendo-se por dever cumprido, a conduta coerente ao conhecimento, ou seja, muito trabalho no bem.

O Espiritismo é o alimento, o “Pão Nosso”, que revigora nossas energias junto ao Evangelho de Jesus, que bem entendido e bem aplicado resulta em trabalho contínuo de renovação intima para que possamos espalhar o bem à nossa volta.

 

VINHA DE LUZ

Emmanuel/Chico Xavier

Este é o terceiro livro da série de estudos de Emmanuel, iniciada com “Caminho, Verdade e Vida” e “Pão Nosso”.

O autor espiritual apresenta-o com o amoroso chamado de Jesus “Brilhe Vossa Luz”, despertando-nos para a necessidade de buscarmos junto a ELE, através da Doutrina Espírita, elementos de renovação íntima, espalhando à nossa volta todo bem que só a conduta fraterna e otimista pode realizar.

Na Terra existem as mais variadas maneiras de viver segundo a evolução de cada criatura que aqui vive. Nesta imensa variedade de climas mentais encontramos os que se nutrem de conflitos, cálculos, aflições, tristeza, angústia, etc.

Com o convite “brilhe vossa luz”, Emmanuel esclarece que esta não é a conduta do discípulo de Jesus, que, consciente, sabe que o Evangelho é verdadeiro manancial de sementes renovadoras que nos conduz à semeadura da paz e da fraternidade.

O discípulo de Jesus pede “a luz da sabedoria a fim de aprender a semear o amor em companhia do Mestre…”.

Vinha de Luz é um convite ao trabalho edificante:

“Brilhe Vossa Luz – proclamou o Mestre”.

“Procuremos brilhar – repetimos nós”.

 

FONTE VIVA

Emmanuel/Chico Xavier

 Com esta obra, Emmanuel conclui a série de estudos composta pelos livros “Caminho, Verdade e Vida”, “Pão Nosso” e “Vinha de Luz”.

Observa ele que a Doutrina Espírita chega para nós como alavanca de educação e aprimoramento, não podendo, desta forma, ser entendida apenas como filosofia que indaga tampouco só como ciência que esclarece.

Devemos reconhecer no Espiritismo o “Evangelho do Senhor, redivivo e atuante, para instalar com Jesus a Religião Cósmica do Amor Universal e da Divina Sabedoria sobre a Terra”.

Com a Doutrina Espírita estudamos o Evangelho de Jesus, mas é na prática cotidiana que verdadeiramente aprendemos Suas lições de amor e sabedoria.

Sabemos que a Justiça Divina nos definirá segundo nossas obras.

 “Abracemos, portanto, a Doutrina Espírita, seguindo em frente, através do trabalho, com Jesus e por Jesus”. Esta a conduta do verdadeiro cristão.

O PLANO B

Neste livro, Richard Simonetti nos esclarece sobre o plano B de cada reencarnação que nos impede de falhar nos objetivos estabelecidos previamente para promover nosso crescimento espiritual. Este plano B seria como uma concordata, isto é, uma reprogramação durante a trajetória na matéria visando um melhor aproveitamento das experiências vividas. As leis de Deus permitem à Espiritualidade Maior usar deste mecanismo para que nós, Espíritos imensamente comprometidos com o passado, tenhamos mais oportunidades para os acertos necessários.

O autor nos brinda com sua característica alegre e descontraída, linguagem leve e de fácil entendimento, tendo sempre o rigor doutrinário como objetivo principal, nos esclarecendo as indagações íntimas através de histórias muito bem construídas.

O Plano B nos envolve e nos proporciona o bem estar que toda leitura edificante tem como objetivo.

DIVALDO FRANCO RESPONDE

Claudia Saegusa organizou neste livro várias entrevistas que ela fez com Divaldo Pereira Franco para a TV Mundo Maior e para o programa Transição, na Rede TV!, além de vários seminários por ele ministrados.

Divaldo responde clara e didaticamente questões sobre temas complexos, tais como: sonho, depressão, mortes coletivas, mortes prematuras, mediunidade infantil, etc.

Com seu conhecimento doutrinário e uma vida inteira dedicada em fazer o bem ao próximo, Divaldo é considerado pela autora e por Suely Caldas Schubert (que lhe dedicou um livro biográfico com o mesmo título) “O Semeador de Estrelas”.

É um livro dinâmico, pois que as respostas de Divaldo são simples e objetivas, que nos faz refletir sobre cada tema ali tratado.

DARWIN E KARDEC – UM DIÁLOGO POSSÍVEL

Drª Hebe Laghi de Souza – geneticista.

“Por que não crer em Deus e também fazer ciência?” …”A ciência não prova que Ele exista, mas também que não exista. Se existir, certamente um dia O encontraremos. Se já O encontrou, procure vê-lo nas descobertas científicas. Se Ele for uma mentira sua crença se diluirá com o tempo, mas se for uma verdade você encontrará um modo de vê-Lo com a ciência”.

Esta foi a resposta do Professor Doutor Theodosius Dobzhansky às indagações e conflitos da Drª Hebe, na época sua discípula, diante da dúvida entre crer em Deus ou “deixa-Lo para poder prosseguir no campo da ciência”.

Prosseguiu ela na área da científica sem deixar de buscar “o Autor da Vida”, e ao longo do tempo percebeu a perenidade e a perfeição das leis universais. Encontra na Doutrina Espírita respostas aos seus conflitos e necessidades.

Ao nos oferecer este livro a autora nos mostra um pouco da ciência “sem perder a noção de Deus”, nos auxiliando a “entender o ser espiritual que somos, nosso destino futuro, o que fazemos aqui, a razão da existência de um sistema aparentemente cruel e os motivos de nossa vivência sujeita, frequentemente, a obstáculos e sofrimento”.

O CONSOLADOR

Emmanuel/Chico Xavier.

Este livro obedece a um plano de trabalho da Espiritualidade Maior cujo objetivo é a expansão do entendimento da Doutrina Espírita no seu tríplice aspecto: filosófico, científico, religioso. Ele foi desenvolvido a partir do seguinte questionamento: qual destes três aspectos é o mais importante?

Emmanuel responde: “Podemos tomar o Espiritismo, simbolizando desse modo, como um triângulo de forças espirituais. A Ciência e a Filosofia vinculam à Terra essa figura simbólica, porém, a Religião é o ângulo divino que a liga ao Céu. No seu aspecto científico e filosófico a Doutrina será sempre um campo nobre de investigações humanas, como outros movimentos coletivos, de natureza intelectual, que visam ao aperfeiçoamento da Humanidade. No aspecto religioso, todavia, repousa a sua grandeza divina, por constituir a restauração do Evangelho de Jesus Cristo, estabelecendo a renovação definitiva do homem, para a grandeza do seu imenso futuro Espiritual”.

Verdadeiro curso oferecido por Emmanuel, editado em 1940, permanecendo atual e instigante, pois trata das ciências fundamentais: química, física, biologia, psicologia, sociologia, etc. Na 2ª parte, Filosofia (vida, sentimento, cultura, iluminação, evolução); e na 3ª parte, Religião: Evangelho, Amor, Espiritismo, Mediunidade.

 

AUTISMO UMA LEITURA ESPIRITUAL.

Nesta obra, o autor Hermínio C. Miranda dá sua contribuição para o estudo desta  síndrome do comportamento humano quando a analisa sob o aspecto espiritual, que segundo nos demonstra a Doutrina Espírita, há vida antes da vida, vida depois da vida e vida entre as vidas, como ele mesmo cita no capítulo “Conversa Inicial”.

A CURA DA DEPRESSÃO PELO MAGNETISMO

Jacob Melo relata neste livro sua experiência com este mal. Seu drama, os sintomas, a incapacidade que o doente sente em reagir, as conseqüências deste estado no âmbito familiar; a importância do tratamento médico e do MAGNETISMO, etc.

 

ESPIRITISMO E ECOLOGIA

André Trigueiro, jornalista, professor universitário, espírita escreve em estilo leve e agradável sobre tema tão atual e que é objeto de anos de estudo: Ecologia. E este livro é tema de uma pesquisa que começou em 2004 sobre o que o Espiritismo e a Ecologia têm em comum, quando ele foi convidado para fazer uma palestra na Sociedade Pró-Livro Espírita em Braile (SPLEB). O autor nos oferece ainda diversos links interessantíssimos.

 

O MÉDICO JESUS

 Este é um livro de auto-ajuda? Sim, com uma diferença fundamental: não tem receita pronta de felicidade, pelo contrário. Dr. José Carlos de Lucca nos mostra como temos total responsabilidade com nossa saúde integral. Totalmente baseado nos ensinamentos de Jesus, o médico por excelência, e seu Evangelho de amor.

 

REFORMA ÍNTIMA:

Teoria e Prática da Evolução Espiritual

 

O autor espiritual é Caibar Schutel pela psicografia de Abel Glaser. Este livro refere-se ao ensinamento de Jesus contido no Evangelho Segundo o Espiritismo “SEDE PERFEITOS” , cap. XVII. Não há como crescer (ou evoluir) espiritualmente sem trabalhar as paixões desordenadas tais como inveja, ciúme, ressentimento, vingança, vanglória, etc.

 

A REENCARNAÇÃO COMO LEI BIOLÓGICA

 Para defender o tema “A Reencarnação como Lei Biologia”, Dr. Décio Iandoli passa por temas diversos, tais como: genética, evolução das espécies, experiência de quase morte, lembranças de vidas passadas, dualidade cérebro-mente, etc, com a autoridade de quem conhece o assunto, mesmo porque ele é um médico. Um médico espírita. O mais importante: o livro é envolvente porque foi escrito de forma agradável e leve, nos dando um prazer enorme sua leitura.


Seja um colaborador

Sua contribuição é imprescindível para que possamos dar continuidade a este trabalho. Saiba mais

Calendário

Calendário

Localização

Como Chegar

Bazar Beneficiente

O GFA “Nossa Casa” possui um bazar com artigos novos e seminovos, doados por seus amigos, frequentadores e trabalhadores. Saiba mais

Atendimento Fraterno

O Atendimento Fraterno compreende os passes e palestras sobre o Evangelho realizados pela "Nossa Casa". Saiba mais

Indicação de Leitura

Buscando indicações e sugestões de leitura ? Compartilhe conosco suas necessidades e dúvidas. Saiba mais